O Tesouro italiano colocou esta manhã 12 mil milhões de euros em Bilhetes do Tesouro, a 3 e 12 meses, num leilão que se caracterizou por uma descida acentuada dos juros e uma forte procura.

Segundo o Banco de Itália, na emissão de títulos com maturidade a um ano foram colocados 8,5 mil milhões de euros à taxa de juro média de 1,405 por cento, que compara com 2,2 por cento do último leilão de fevereiro, com semelhante prazo.

No leilão de Bilhetes do Tesouro a três meses foram encaixados 3,5 mil milhões de euros a um juro de 0,492 por cento, inferior a 1,9 por cento em relação à última colocação de setembro do ano passado.