Portugal regressa esta quarta-feira aos mercados para emitir entre 1.250 e 1.500 milhões de euros em dívida a três e 18 meses. Este será o segundo teste ao mercado desde a emissão a cinco anos, realizada em janeiro.

De acordo com a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai ser efetuada uma emissão de Bilhetes do Tesouro com maturidade a 21 de junho de 2013 e outra com prazo de setembro de 2014.

Trata-se da segunda vez que Portugal volta ao mercado desde que a 23 de janeiro fez uma emissão sindicada de dívida de cinco anos em que colocou 2,5 mil milhões de euros, pagando uma taxa abaixo dos 5%.

Entretanto, a 20 de fevereiro, Portugal regressou aos mercados para colocar 1,5 mil milhões de euros, tendo pago taxas de juros médias de 0,737% a três meses e 1,277% a 12 meses, abaixo das últimas operações com prazos idênticos.
Redação