A greve dos trabalhadores do Metro de Lisboa pode ser, afinal, desconvocada. A administração da empresa apresentou, este domingo, algumas propostas que vão ao encontro do que pretendem os sindicatos, revelou à TVI24 uma fonte da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans). 

A mesma fonte acrescentou que a decisão está agora nas mãos dos trabalhadores e deve ser conhecida no plenário marcado para esta segunda feira, entre as 14:00 e as 15:00.

Para esta semana, estão agendados dois dias de paralisação sem serviços mínimos, terça e quinta-feira, das 06:30 às 09:00, dias em que decorre a Web Summit.

Os trabalhadores do Metro de Lisboa exigem a manutenção do atual acordo de empresa, assim como a contratação de mais funcionários e pedem aumentos salariais.