O governo convocou uma conferência de imprensa para as 13:00. O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes e o secretário de Estado da Energia, João Galamba emitem uma declaração ao país relacionada com a crise energética.

A comunicação surge no dia em que os sindicatos dos motoristas afirmaram que não iam "fazer nada" nem cumprir os serviços mínimos. O governo avançou que 71 camiões tinham saído de Aveiras esta quarta-feira.

Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, admitiu alargar a requisição civil a outros pontos do país.

Pode acompanhar as declarações do governo em direto no Jornal da Uma da TVI.