Um problema técnico na rede SIBS, a empresa que gere o sistema multibanco, fez desaparecer das contas bancárias de vários comericiantes dinheiro faturado ao longo de um dia inteiro.

O incidente ocorreu entre os dias 28 de outubro e 1 de novembro e ainda há comerciantes à espera da devolução dos montantes retirados. 

Segundo o jornal i, a situação terá afetado várias empresas que viram subtraídas das suas contas bancárias milhares de euros.

A SIBS admite a ocorrência de problemas e garante que a maioria dos casos já está resolvida, admitindo um número residual de casos por solucionar.

O caso levanta dúvidas em relação ao facto de a  SIBS ter acesso a contas sediadas em instituições privadas, que deviam salvaguardar o acesso ao dinheiro por terceiros. Outra questão por responder, é saber como é que o dinheiro desapareceu já depois de ter estado disponível nas contas bancárias dos comerciantes.

Em esclarecimento enviado à comunicação social, a SIBS esclarece que "procedeu, no passado dia 28, a uma intervenção técnica programada, que, apesar de ter seguido todas as rotinas e processos com o intuito de não causar impactos, originou um constrangimento inesperado em alguns fechos contabilísticos de TPA (Terminal de Pagamento Automático) que tenham sido realizados nos dias 28 e 29". 

A empresa acrescenta que "foram efetuadas todas as ações necessárias, em conjunto com as instituições bancárias, para ultrapassar os contrangimentos e, à data de hoje, não é do conhecimento da SIBS que existam situações por regularizar. Lamentamos o sucedido, e asseguramos que estamos focados em resolver esta situação", sublinha a SIBS.

Redação / BC - atualizada às 13:10