O grupo Alicoop, cooperativa de produtos alimentares de Silves em processo de insolvência desde agosto de 2009, vai reabrir 10 lojas até ao final deste mês, disse à Lusa o administrador da empresa de salvação da Alicoop.

«Vão abrir até dia 24 de Junho mais 10 lojas, além das 14 que estão abertas actualmente e até finais de Setembro queremos abrir outra dezena de lojas», declarou Carlos Tuta, administrador da Terra Exclusiva, empresa de salvação da Alicoop.

Segundo o administrador vão abrir duas lojas em Quarteira, duas em Albufeira, uma em Lagos e uma em Vila do Bispo, uma loja na praia da Rocha/Portimão, uma em Vila Real S. António e outra em Castro Marim.

Em Setembro, o grupo Alicoop conta ter um total de 33 lojas abertas no Algarve. Fonte da Comissão de Trabalhadores da Alicoop adiantou à Lusa que deverá dar entrada nos próximos dias no Tribunal de Silves um novo plano de insolvência para o grupo Alicoop.

«Há um investidor, que é o grupo Nogueira, comércio de frutas, que quer assumir a exploração dos estabelecimentos», explicou fonte ligada ao processo.

O Grupo Alicoop recebeu em Fevereiro deste ano 333 mil euros fundo de garantia do BPE Investimento na conta bancária para pagar aos fornecedores e reabrir várias lojas.

O grupo Alicoop encontra-se em processo de insolvência desde Agosto de 2009, com uma dívida de cerca de 80 milhões de euros, tendo encerrado a sua cadeia de supermercados no início de Maio de 2010, para não agravar o passivo.

Em Agosto de 2010, depois do plano de viabilização aprovado pelo Tribunal de Silves em Julho, reabriram algumas das lojas.
Redação