A Assembleia da República vai discutir a 13 de Janeiro propostas do PCP e do BE que impõem uma tributação a empresas que deslocalizem os seus capitais para o estrangeiro, no seguimento do caso da Jerónimo Martins.

A discussão das propostas de comunistas e bloquistas foi agendada esta quarta-feira em conferência de líderes.

A Jerónimo Martins, dona dos supermercados Pingo Doce, anunciou segunda-feira que a sociedade Francisco Manuel dos Santos vendeu a totalidade do capital que detinha no grupo à sua subsidiária na Holanda, mas mantém os direitos de voto.

Nesse plenário de dia 13, sexta-feira da próxima semana, será ainda discutido um relatório da Provedoria de Justiça relativo ao ano de 2011 e duas petições, uma sobre o vinho e outra sobre fibromialgia.
Redação / LF