Autoeuropa: 2011 foi um dos «melhores últimos 10 anos»

Fábrica admite que primeiro trimestre de 2012 será positivo mas é prudente quanto ao desfecho do ano. Empresa não pondera, para já, mexidas na produção mas crise poderá fazer desfeita