O presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Faria de Oliveira, divulgou esta segunda-feira que o banco do Estado está a trabalhar com outros grandes bancos portugueses para apoiar as melhores PME.

«A CGD está a constituir com outros bancos aqui presentes um fundo de capitalização para apoiar as melhores pequenas e médias empresas (PME)», disse Faria de Oliveira na II Conferência Reuters/TSF , em Lisboa.

No mesmo evento, cuja abertura esteve a cargo do ministro das Finanças, estão ainda presentes os presidentes do BCP, BES, BPI e Santander Totta.

Sem adiantar mais sobre este assunto, o responsável pela CGD afirmou que, ainda que a concessão de crédito tenha vindo a abrandar, este tem vindo a ser concedido a projectos com maior impacto na economia.

«A estratégia do banco em 2011 passa pelo apoio à economia através da concessão de crédito, sobretudo à exportação e à internacionalização. A concessão de crédito assenta não só no risco mas também no impacto para economia», afirmou Faria de Oliveira, acrescentando que este ano o banco estatal vai ainda «aumentar a quota das PME na carteira de crédito».

Faria de Oliveira recordou os últimos anos para afirmar que, mesmo num cenário de «clima adverso» para o sistema bancário, «a banca cumpriu a sua missão de financiar a economia».
Redação / LF