O Governo baixou os impostos sobre os carros importados. Para os consumidores este alívio da carga fiscal pode significar uma poupança na ordem dos 40 por cento.

Por exemplo, um BMW X5, com sete anos, pode custar menos 37,4 por cento. JÁ um Audi A4 com três anos, a poupança é de 12,1 por cento.

No entanto, estes são números que agradam aos consumidores, mas não ao sector. Para os comerciantes de automóveis esta é uma medida que apenas vem ajudar a afundar o sector.

A somar, o fim dos incentivos para ao abate de veículos e o IVA a 23 por cento fazem antever um ano negro para os comerciantes de automóveis, que prevêem para 2011 uma quebra no negócio na ordem dos 23 por cento.
Redação / TVI