A CP pagará no domingo a totalidade de um empréstimo obrigacionista, no valor de 250 milhões de euros, garantiu esta sexta-feira uma fonte oficial da empresa pública.

«A CP - Comboios de Portugal EPE pagará na data do vencimento a totalidade do empréstimo obrigacionista vencido no valor de 250 milhões de euros», disse a mesma fonte, acrescentando que a empresa o fará com «o apoio da banca».

Em causa está um empréstimo contraído em 2002, que vence no domingo.

De acordo com as linhas orientadoras do Plano Estratégico dos Transportes, apresentadas pelo ministro da Economia e do Emprego, no Parlamento, em outubro, a CP tinha um passivo de 3.796 milhões de euros, dos quais 191 milhões eram de encargos com juros.

A transportadora ferroviária encerrou o ano de 2010 com um resultado líquido negativo de 195,1 milhões de euros, um valor que compara com os 72,8 milhões de euros de prejuízo registados no ano anterior.

Os resultados do ano 2011 ainda não são conhecidos.
Redação / CPS