Os CTT - Correios de Portugal dizem que a greve dos carteiros, que começa esta segunda-feira, deverá ter um «impacto marginal no serviço aos clientes», uma vez que abrange 35 dos 356 centros de distribuição postal.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) convocou uma greve que deverá afectar diferentes centros de distribuição postal entre segunda-feira e o dia 07 de Maio.

Numa nota enviada à imprensa, os CTT dizem tratar-se de greves de «natureza local», que deixam de foram «90 por cento dos centros de distribuição dos Correios», escreve a Lusa.

A empresa salienta ainda que os pré-avisos foram emitidos por um dos 14 sindicatos representados.

Os CTT afirmam que os 35 centros de distribuição que serão afectados pelas greves «estão espalhados um pouco por todo o país e, somados, representam 14,8 por cento do tráfego postal. Este facto, associado à natureza local das greves, permitem-nos prever que a generalidade da população não sentirá qualquer efeito».

A greve que arranca a partir desta segunda-feira e que decorre até 7 de Maio vem contra a diminuição da remuneração mensal.
Redação / CPS