TVI

Não queremos diminuir as rotas. É preciso aumentá-las para outros destinos de língua portuguesa

TVIO negócio é viável, se não fosse não estaríamos a fazer uma proposta

As pessoas que estão a trabalhar na TAP têm emprego garantido

já teve oportunidades de se reunir com vários ministros portugueses

«O nosso interesse pela TAP não é de agora, já há três anos mostrámos interesse



a torcerdecisão que vai sair do Conselho de Ministros desta quinta-feira