A agência de rating Fitch mantém o sector bancário espanhol sob perspetiva negativa em 2013.

Numa nota divulgada esta quarta-feira e citada pelo espanhol «El Economista», a agência atribui a decisão à inexistência de melhorias do contexto macroeconómico.

Citada pelo jornal, a diretora do departamento de análise de instituições financeiras da Fitch, Cármen Muñoz, considera que, dadas as circunstâncias, «não há margem para uma estabilização da perspetiva para o sector em 2013».
Redação