A Microsoft, líder mundial de software, está prestes a concluir a compra da empresa que detém o Skype - que disponibiliza um serviço de telefone via Internet. O negócio está avaliado em mais de sete milhões de dólares norte-americanos.

São cerca de 4,88 milhões de euros, uma aquisição milionária que pode ser concluída hoje, segundo revela o «The Wall Street Journal», que cita fontes próximas do processo e indica que as negociações ainda decorriam na noite de segunda-feira nos EUA.

A concretizar-se, esta será a aquisição mais agressiva da história da empresa a partir do momento em que o gigante resolveu estender o seu domínio aos mundos da comunicação, entretenimento e informação, refere o mesmo jornal.

207 mil minutos em conversas telefónicas

O Skype já conquistou mais de 663 milhões de pessoas em todo o mundo, atendendo ao balanço de quem que tinha conta neste serviço no ano passado. Números ainda mais surpreendentes prendem-se com o tempo de comunicação: foram já consumidos mais de 207 mil minutos em conversas telefónicas e video-chamadas através desta plataforma.

A aquisição poderá oferecer à Microsoft uma «marca reconhecida» na Internet e chega precisamente numa altura em que o gigante procura aumentar a sua taxa de penetração entre os clientes virtuais.

Embora o motor de pesquisa Bing tenha conquistado uma maior quota de mercado ao longo do ano passado, ainda se encontra em clara desvantagem frente ao seu principal concorrente, o Google, através da qual se efectuam 65% do total de pesquisas nos EUA, lembra a Lusa.
Redação / VC