As transportadoras aéreas Qantas e a China Eastern anunciaram hoje a criação de uma companhia de aviação de baixo preço, na primeira vez que uma grande empresa chinesa do setor cria uma transportadora de passageiros com um parceiro estrangeiro.

Está tudo a postos para a criação de uma nova companhia aérea low cost. A australiana Qantas e a China Eastern anunciaram esta segunda-feira ao regulador bolsista da Austrália a criação da nova empresa, a Jetstar Hong Kong, que será a primeira companhia de baixo custo da região administrativa especial chinesa e deverá fazer o primeiro voo em 2013.

A Jetstar Hong Kong vai operar rotas na Ásia, ligando Hong Kong à China continental, ao Japão, à Coreia do Sul e ao Sudeste asiático, tendo a empresa australiana e chinesa, cada uma, 50% do capital da nova transportadora.

«Acreditamos que há enormes oportunidades para o modelo de tarifas baixas da Jetstar, em toda a Ásia», disse o presidente da China Eastern, Liu Shaoyong, citado pela Lusa.

A Qantas tem vindo a enfrentar dificuldades para estabelecer uma estratégia de negócio que lhe permita beneficiar do crescimento do mercado asiático da aviação, aquele que mais deverá crescer no mundo, segundo as previsões das associações do setor.
Redação / VC