As entidades financeiras espanholas realizaram pedidos totais no valor de 316.343 milhões de euros ao BCE em março, um recorde histórico que representa quase o dobro do pedido no mês anterior, 169.802 milhões de euros.

Dados divulgados esta sexta-feira pelo Banco de Espanha confirmam que as entidades espanholas depositaram no BCE 88.742 milhões de euros, também o valor mais alto registado até agora, que quadruplica os 19.665 milhões depositados em fevereiro.

A posição líquida da banca espanhola (diferença entre pedidos de financiamento e depósitos) é de 227.600 milhões de euros, acima dos 152.432 milhões do mês anterior.
Redação