As entidades financeiras que operam em Espanha pediram ao Banco Central Europeu (BCE) 97.970 milhões de euros em Novembro, o valor mensal mais elevado desde Setembro de 2010, segundo divulgou o Banco de Espanha.

A quantidade é 29 por cento mais elevada do que o valor total de 76.048 milhões de euros solicitados pelas entidades em Outubro.

Foi, aliás, o mês de mais pedidos ao BCE em todo este ano, evidenciando segundo os analistas as dificuldades de financiamento das entidades financeiras devido à desconfiança dos mercados com a economia espanhola e os problemas com as dívidas soberanas da Zona Euro.

A tendência das entidades espanholas foi inversa às do resto da Europa que, em termos globais, pediram em Novembro um total de 373.525 milhões de euros.

A percentagem solicitada pelas entidades espanholas representou 26,2 por cento do total emprestado na Zona Euro, acima dos 20 por cento do mês anterior.

O mês de Abril foi o que este ano registou o menor volume de pedidos das entidades espanholas que solicitaram ao BCE 42.227 milhões de euros.
Redação / LF