A Portugal Telecom não está disponível para partilhar a sua rede de fibra com outros operadores.

«A nossa fibra não está aberta para ninguém», disse esta quinta-feira o presidente executivo da operadora, Zeinal Bava, na sua intervenção no painel «Debate da Nação», no âmbito do 22.º Congresso das Comunicações que hoje termina em Lisboa.

Bava disse que para levar a fibra a um milhão de casas, a Portugal Telecom fez um investimento de 200 milhões de euros.

«Não estamos interessados em investir na fibra se for para abrir», afirmou, citado pela Lusa.

Bava acrescentou que durante anos veio ao Congresso das Comunicações falar na partilha da rede, sem sucesso.