A televisão e rádio públicas espanholas, RTVE, aprovou um pacote de redução de custos que ascende a 3,1 milhões de euros e que inclui reduções nos salários das estrelas e comentadores e cortes nos gastos recorrentes.

O pacote de medidas aprovado - que prevê também receitas adicionais de dois milhões de euros pela comercialização de direitos musicais - suprime os carros oficiais dos principais responsáveis da RTVE, deixando apenas o presidente com um veículo da empresa.

Os salários dos principais apresentadores cairá até 25% e o que recebem os comentadores será cortado em 50%.

A RTVE vai também reduzir em 10% a sua estrutura directiva, no âmbito do pacote de medidas aprovado para responder à previsão de corte de 200 milhões de euros no orçamento para este ano (para um total de mil milhões).

Antecipa-se que mais medidas adicionais sejam aprovadas na próxima semana.
Redação