As negociações salariais entre a banca e os sindicatos do sector iniciam-se no próximo dia 24 com os representantes dos trabalhadores a reivindicarem aumentos salariais de 2,2% foi anunciado esta terça-feira por fonte sindical.

A Federação Sindical do Sector Financeiro (FEBASE), que integra os três grandes sindicatos dos bancários da UGT, enviou em Dezembro uma proposta salarial de 2,2% à Associação portuguesa da Bancos (APB).

Paulo Alexandre, dirigente da FEBASE, disse à agência Lusa que a resposta recebida foi no sentido do congelamento salarial mas os sindicatos pediram a abertura do processo negocial e os bancos marcaram o primeiro encontro para dia 24.

Em 2010, a FEBASE e a APB acordaram um aumento salarial de 1%, depois de vários meses de negociações.
Redação / CPS