O primeiro-ministro, José Sócrates, disse este sábado contar com o apoio do Governo brasileiro para atrair mais empresas do Brasil para Portugal.

Sócrates comentava a reunião bilateral com o Presidente brasileiro, Lula da Silva, na qual o Presidente da República, Cavaco Silva, também participou, à margem da XX Cimeira Ibero-Americana, em Mar del Plata, durante uma conferência de imprensa ao final do encontro dos chefes de Estado e Governo.

O primeiro-ministro lembrou que já estão em Portugal empresas brasileiras de grande porte, como a Embraer, Votorantin e Camargo Correa.

Sócrates destacou ainda que o mercado brasileiro é estratégico para Portugal e que o Governo português tratou de garantir a permanência da Portugal Telecom no Brasil aquando da saída da Telefónica.

Na avaliação do primeiro-ministro, Lula da Silva foi um Presidente «extraordinário», que governou com competência e realismo, permitindo ainda que o Brasil obtivesse uma projeção política internacional como jamais teve.

Sócrates sublinhou também que «Portugal é prioridade na política externa brasileira» e vice-versa e destacou as boas relações entre os dois países neste «momento de ascensão do Brasil», cita a Lusa.
Redação / VC