A Sone Sierra, gestora de vários centros comerciais, fechou o primeiro semestre do ano com um resultado líquido de 648 mil euros, revela a empresa em comunicado enviado ao regulador do mercado (CMVM).

Este resultado representa um aumento de 101%, contra os prejuízos de 94,2 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2009.

A empresa justificou os resultados pelo «Valor Criado nas Propriedades muito superior ao do mesmo período do ano passado devido ao menor aumento das taxas de capitalização ( yields) em 2010 na Europa».

Também a abertura de três centros comercias (na Alemanha, Brasil e Portugal, com o LeiriaShopping) fizeram aumentaram em 6% os proveitos directos dos investimentos.

A margem operacional líquida registou uma subida de 10%, atingindo agora os 57,9 milhões de euros, e o NAV (Net Asset Value) cresceu 1,8% para os 1,25 mil milhões de euros.
Redação / RL