A Sonaecom registou um resultado líquido de 8,2 milhões de euros nos primeiros três meses do ano. Este resultado representa um aumento face ao mesmo período do ano passado, quando a empresa de Ângelo Paupério lucrou 400 mil euros, e ficou acima das estimativas dos analistas.

O volume de negócios ficou-se nos 222,8 milhões de euros, menos 7,5% do que no primeiro trimestre de 2009, enquanto o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) aumentou em 5,6% para os 47,9 milhões de euros, segundo dados revelados pela dona da Optimus.

Também os custos operacionais diminuíram: menos 9,4% para 172,1 milhões de euros.

A Optimus beneficiou da expansão do negócio dos «smartphones» e aumentou a sua receita de clientes para os 114,3 milhões de euros, mais 1,3%, ao mesmo tempo que o número de clientes deste serviço subiu 7,1%, para cerca de 3,45 milhões.