A operadora espanhola Telefónica, que ontem pôs um ponto final na novela da Vivo com a PT, ao adquirir a empresa brasileira por 7,5 mil milhões de euros, aumentou os seus lucros em 9,4% nos primeiros seis meses deste ano. Este valor compara com o mesmo período do ano passado e subiu para os 3,77 mil milhões de euros.

A companhia voltou a reiterar que se mantêm todos os objectivos financeiros a curto e médio prazo, assim como a política de distribuição de mais dividendos aos accionistas. O compromisso é de 1,40 euros por acção em 2010 e um mínimo de 1,75 euros por acção em 2012, segundo o «Invertia».

No que toca às receitas, a subida foi de 5,4% para 29 mil milhões de euros.

O crescimento da empresa na América Latina (10,2%) e na Europa (10,8%) teve um grande contributo para estes resultados.

A operadora espanhola conta actualmente com cerca de 278 milhões de clientes em todo o mundo, mais 5,2% do que no ano passado.
Redação / VC