As lojas da cadeia Pingo Doce, da Jerónimo Martins, vão fechar mais cedo na quinta-feira, 22 de agosto, pelo sétimo dia da morte de Alexandre Soares dos Santos, antigo líder da Jerónimo Martins, que detém a marca Pingo Doce. O encerramento será às 18:00.

A informação já foi colocada no site do Pingo Doce e está a ser enviada por SMS aos clientes.

Pelo sétimo dia do falecimento do Senhor Alexandre Soares dos Santos informamos que iremos estar encerrados, amanhã, 5ª feira dia 22 de Agosto a partir das 18:00", informa a nota colocada online. 

Alexandre Soares dos Santos nasceu a 23 de setembro de 1934 na cidade do Porto. Frequentou o curso de Direito na Faculdade de Direito de Lisboa, que abandonou em 1957, para iniciar a sua carreira profissional, após um convite da multinacional Unilever.

Nesta empresa passou por várias delegações e filiais no estrangeiro.

Em 1968, regressou a Portugal para assumir a liderança da Jerónimo Martins, que pelas suas mãos passou de uma empresa de pequena dimensão a um dos maiores grupos empresariais portugueses.

O empresário ampliou os negócios e fez crescer a empresa da família, lançou a marca Pingo Doce, colocou o grupo em Bolsa e expandiu-o internacionalmente, em 1995, para o Brasil e Polónia.

Em 2009, criou a Fundação Francisco Manuel dos Santos, que gere o portal “Pordata”, Base de Dados do Portugal Contemporâneo, e lançou uma coleção de livros de ensaio, a preços reduzidos, sobre temas da atualidade.

Soares dos Santos foi líder do grupo Jerónimo Martins durante 46 anos. Em dezembro de 2013 deixou a presidência do Conselho de Administração do grupo que detém a cadeia de supermercados Pingo Doce, sendo substituído no cargo pelo filho, Pedro Soares dos Santos. Morreu aos 84 anos, no dia 16 de agosto, vítima de cancro.