O Parlamento aprovou esta quinta-feira o Orçamento do Estado para 2021, apenas com os votos favoráveis do Partido Socialista.

Contra a proposta votaram o Bloco de Esquerda, o PSD, o CDS, o Chega e a Iniciativa Liberal.

Entre os que se abstiveram estão o PCP, PAN, PEV, deputada não inscrita Cristina Rodrigues (ex-PAN) e deputada não inscrita Joacine Katar Moreira.

O Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) foi hoje aprovado, no parlamento, apenas com os votos favoráveis do PS, e com a abstenção do PCP, PEV, PAN e das duas deputadas não inscritas.

Com a mesma votação foi aprovada a Lei das Grandes Opções para 2021-2023, na Assembleia da República, em Lisboa.

No final da votação, e anunciada a aprovação das contas para o próximo ano pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, apenas a bancada do partido do Governo aplaudiu.

A manhã foi marcada pela discussão em torno da proposta do Bloco de Esquerda que anula a transferência de uma verba para o Novo Banco, proposta que acabou por ser aprovada e que suscitou diversas críticas por parte do Governo e da bancada do PS.

Veja também: 

OE2021: APROVADA PROPOSTA DO BLOCO DE ESQUERDA SOBRE O NOVO BANCO

PORTAGENS: MEDIDA "DESCREDIBILIZA" OE2021 E PROCURA "DESCREDIBILIZAR O PAÍS", DIZ GOVERNO

Lara Ferin