O presidente do PSD considerou hoje Paulo Macedo "uma pessoa muito competente" para presidir à Caixa Geral de Depósitos (CGD), mas disse que tal "não é suficiente" para garantir o futuro do banco público.

"É um nome que nós conhecemos bem, eu em particular, porque foi meu ministro durante vários anos, uma pessoa muito competente e muito capaz e tive ocasião de lhe desejar o melhor mandato possível", afirmou Passos Coelho aos jornalistas, à chegada à Convenção Autárquica do PSD de Viseu.

Apesar de a competência de Paulo Macedo ser "importante para a Caixa Geral de Depósitos e para o país", "isso não implica que seja passada uma esponja sobre o que se passou ao longo de todo este ano", disse.

"E, só por si, não é suficiente para nos garantir que o futuro da Caixa está assegurado", frisou Passos Coelho.

Redação / ALM com Lusa