O lucro da Jerónimo Martins subiu 4,1% no ano passado, face a 2017, para 401 milhões de euros, com as vendas do grupo a avançarem 6,5%, divulgou esta quarta-feira a dona da cadeia de supermercados Pingo Doce.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Jerónimo Martins refere que o resultado líquido de 401 milhões de euros reflete "um desempenho operacional muito positivo" do grupo que está presente em Portugal, Polónia e Colômbia.

As vendas do grupo subiram 6,5%, no período em análise, para 17.337 milhões de euros, com um aumento das vendas LFL ['like-for-like', ou seja, vendas em lojas que operaram sob as mesmas condições no período em análise] de 3,1%.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) aumentou 4,1% para 960 milhões de euros.