O comércio mundial vai cair entre 6 e 7 por cento durante este ano. Estas são as previsões do director da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, que deu uma entrevista ao jornal brasileiro «Folha de São Paulo».

Lamy considera que esta contracção, «a primeira desde 1982», é a consequência de um crescimento da economia mundial de «zero ou negativo».

«Os países em desenvolvimento que dependiam mais destes fluxos serão os mais prejudicados», explicou.

O responsável máximo da OMC disse que a má situação do comércio pode ser causada por uma quebra na procura, mas alerta para outros problemas, tais como o proteccionismo e a falta de crédito.
Redação / LF