A proposta final do Regulamento Municipal do Alojamento Local de Lisboa devia ter sido votada esta quinta-feira, mas foi adiada para o próximo dia 24.

A aprovação do documento obriga os alojamentos locais a medir o ruído, sobretudo nos apartamentos arrendados.

Mas há proprietários que já deram o passo em frente, mesmo antes da aprovação da proposta.

Outra medida nova que vai a votação dia 24 é a obrigatoriedade de haver um seguro de responsabilidade civil que cubra danos provocados pelos hóspedes no edifício onde funciona o alojamento local.

A proposta de regulamento que a Câmara de Lisboa quer aprovar prevê, também, autorizações excepcionais nas zonas onde o alojamento local é proibido, passando a durar 10 anos e não 5 como na proposta inicial.