As ações do BCP afundaram 12% na abertura do mercado esta manhã. Em causa a venda de 4,08% do seu capital por parte do acionista espanhol Sabadell a 1,15 euros por ação, o que representa um desconto de 11%.

Esta manhã, ainda antes da abertura de bolsa, o Sabadell comunicou que concluiu com sucesso a oferta particular de um lote de 38.577.892 ações, representativas de 4,08% do capital social e direitos de voto do BCP através de um processo de accelerated bookbuilding dirigido, exclusivamente, a investidores qualificados e institucionais. Uma operação que o BCP já tinha anunciado ontem que se iria realizar.

O preço da venda resultante da oferta foi de 1,15 euros por cada ação e a operação foi levada a cabo pelo Citigroup Global Markets Limited atuando como Sole Bookrunner da Oferta.

O Sabadell era o terceiro maior acionista do BCP, a seguir à chinesa Fosun e à estatal angolana Sonangol.

As ações do BCP seguem a cair 11,17% para 1,1465 euros.