Vítor Constâncio auferiu 318.132 euros em 2011, enquanto vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), revelam as contas do banco central publicadas esta quinta-feira.

O português acabou por ser o membro da comissão executiva da instituição monetária que mais ganhou no ano passado, já que Jean-Claude Trichet abandonou a presidência do banco em outubro e Mario Draghi, o atual presidente, só assumiu funções em novembro.

Trichet levou para casa 309.290 euros pelos dez meses à frente do banco, e o italiano ficou-se pelos 61.858 euros, correspondentes aos dois meses em que liderou o BCE.

Constâncio assumiu a vice-presidência do BCE em Junho de 2010, altura até à qual desempenhou funções de governador do Banco de Portugal. Pelos seis meses de atividade no banco europeu, Vítor Constâncio levou para casa quase 84 mil euros.
Redação / PGM