A Autoridade da Concorrência quer analisar ao pormenor a intenção de compra por parte da SIBS de alguns ativos da Unicre, a Redunicre.

A Autoridade da Concorrência (AdC) adotou uma decisão de passagem a investigação aprofundada na operação de concentração envolvendo a aquisição, por parte da SIBS, SGPS, S.A., do controlo exclusivo de um conjunto de ativos da Unicre – Instituição Financeira de Crédito, S.A. relacionados com a sua atividade de aceitação de cartões de pagamento junto de comerciantes (merchant acquiring)", anunciou a Concorrência em comunicado. 

Em causa está o risco desta operação resultar numa subida das taxas cobradas aos comerciantes pela aceitação de pagamento com cartão. A Auroridade vai averiguar de forma mais profunda se existem entraves significativos à concorrência efetiva no mercado.

Em setembro, a SIBS manifestou a intenção de compra da atividade de aceitação de cartões de pagamento junto de comerciantes da Unicre.

A SIBS, dona da Rede Multibanco, é acionista de várias empresas especializadas do setor dos pagamentos eletrónicos.

A Unicre é detida por 12 bancos que também são proprietários da SIBS que tem no total 25 instituições bancárias na sua estrutura acionista.

Caso a Concorrência autorize a fusão, a SIBS passará a liderar o negócio e a disputar o mercado com outras 3 empresas: a Netcaixa, a Netpay e a CA & companhia.

Redação / ALM