A medição de audiências televisivas em Portugal vai mudar. A TVI, SIC e RTP anunciaram, em comunicado conjunto, a abertura de um concurso internacional para apresentação de candidaturas à prestação deste serviço, a partir de janeiro do próximo ano.

Em comunicado, as estações anunciaram que não chegaram a acordo para a renovação do contrato atualmente existente. No entanto, para garantirem a estabilidade no mercado, ainda o manterão durante um ano, período de transição.

Tendo presente que o contrato de prestação de serviços de medição de audiências celebrado entre a CAEM e a GfK cessa no próximo dia 31 de dezembro, não tendo as partes logrado alcançar um entendimento relativamente à renovação ou prorrogação do mesmo, os operadores televisivos em apreço acordaram com a GfK, para garantir a estabilidade no mercado, a prestação do serviço de medição de audiências, a partir do dia 1 de janeiro de 2019, por um período transitório de 12 meses, lê-se no comunicado das operadoras.

Nesse período de transição, estará aberto o concurso.

Nesse intervalo, iniciar-se-á um procedimento concursal internacional para a prestação do serviço de medição de audiências por um período temporal mais alargado”, esclarece o documento.

As três televisões generalistas "reiteram a importância da existência de um serviço de medição de audiências televisivas que seja transparente, fiável e independente".