Com promoções a toda a hora e inúmeras tentativas de fidelizar os clientes, faz ideia de qual o supermercado com os preços mais baixos do país? A Deco fez as contas por si e, depois de ter sido destronado pelo Continente em 2016, o Jumbo recupera, este ano, a liderança da tabela.

Ainda assim, é "escassa" a margem de diferença face ao segundo classificado, precisamente Continente.

As duas insígnias obtiveram resultados muito próximos na última vaga do nosso estudo sobre supermercados, comprovando que a concorrência está mais feroz do que nunca e sempre de olho na loja do lado", lê-se na análise da Deco.

O Jumbo não está presente em todos os distritos, mas consegue assegurar a liderança quase sempre naqueles onde tem supermercados. Quando isso não acontece, é o Continente que faz o brilharete, ocupando a segunda e terceira posições (Modelo e Continente, respetivamente) a nível nacional.

Em quarto lugar surge o Lidl e em quinto o Pingo Doce. O Intermarché e Minipreço estão nas últimas posições.

Pode comparar a evolução de 2016 para 2017 na tabela seguinte, que atribui o índice 100 a cadeia mais barata na radiografia que fez ao país. As restantes vão registando índices superiores, onde cada ponto acima de 100 significa que o mesmo cabaz fica 1% mais caro. 

Posição Supermercado Pontuação Sobe, desce ou iguala 2016
Jumbo 100 Sobe
Continente Modelo 101 Iguala
Continente  102 Desce
Lidl 107 Sobe
Pingo Doce 110 Iguala
Intermarché 112 Desce
Minipreço 112 Desce

O cabaz tido em conta para estes cálculos é composto por 243 produtos das marcas mais vendidas em Portugal. Integram-no alguns bens vendidos sob marca exclusiva das diferentes lojas. No total, foram recolhidos 86.491 preços em 483 supermercados de todo o território nacional.

Poupanças podem chegar às centenas de euros por ano

Saber qual o supermercado mais barato é importante para poupar sempre um pouco mais. Ao fim do ano, a sua carteira agradece.

Segundo a Associação de Defesa do Consumidor, no Porto, por exemplo, vale a pena comparar bem os preços. Ir até ao Jumbo de Rio Tinto ou da Afurada, por exemplo, permite uma poupança anual média de 228 euros, num cenário de gastos mensais de 150 euros em compras.

Já se gastar habitualmente cerca de 400 euros por mês, a poupança pode ultrapassar os 600 euros anuais.

Encontre o mais barato da sua região

Como referimos, o Jumbo não está presente em todos os distritos. Daí o melhor ser mesmo procurar no simulador da Deco qual é o supermercado mais barato da sua região. Para isso, basta selecionar o distrito e o concelho.

É possível filtrar a pesquisa por cabazes, para ir mais de encontro ao seu caso em específico. As categorias incluídas vão desde mercearia, fruta e legumes, a carne, peixe, laticínios, bebidas, congelados e ainda higiene pessoal e limpeza da casa.