A taxa de desemprego na Grécia alcançou em março um novo máximo ao atingir 26,8% da população ativa, mais 0,1% do que em fevereiro, segundo dados ajustados às variações sazonais divulgados esta quinta-feira, escreve a Lusa.

Segundo o instituto de Estatística grego Elstat, face a março de 2012, quando o desemprego atingiu uma taxa de 22,2%, a taxa ajustada às variações sazonais aumentou 4,6 pontos percentuais.

No total, 1,3 milhões de desempregados foram registados em março, mais 4.626 do que no mês precedente e mais 215.735 do que em março do ano passado.

O desemprego juvenil continua a ser especialmente preocupante, ao atingir 58,3% dos jovens entre os 15 e os 24 anos, contra uma percentagem de 53,1% em março do ano passado.

Por género, o desemprego das mulheres aumentou de 26% em março de 2012 para 30,4% no mês homólogo de 2013, enquanto o desemprego masculino subiu de 19,4% para 24,1%.

Desde janeiro de 2012, o Elstat só anuncia mensalmente os dados do desemprego ajustados às variações sazonais.
Redação / LF