O ministro das Finanças disse em Bruxelas que a conclusão da sétima avaliação coloca Portugal no «caminho certo» para sair do programa de ajustamento em junho de 2014 e garantiu que o Governo continua determinado na sua concretização.

Os ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) chegaram a um «acordo político» sobre a conclusão da sétima avaliação do programa de ajustamento português e o desembolso da oitava tranche da ajuda a Portugal será formalizado nas «próximas semanas», anunciou Vítor Gaspar, no final da reunião, em declarações aos jornalistas.

«A conclusão do sétimo exame regular coloca Portugal no caminho certo para assegurar a saída do programa, como previsto, em junho de 2014. Um tal resultado exige um bom entendimento entre Portugal e os seus credores oficiais e privados», disse o ministro, salientando que a ausência deste entendimento «estaria associada a graves perturbações e turbulência».

Gaspar em Bruxelas: taxa sobre as pensões é opcional

Vítor Gaspar reconheceu que a negociação em torno da sétima avaliação foi «talvez a mais difícil desde que Portugal ficou sem acesso a financiamento externo». O ministro disse que durante a reunião foi questionado «sobre a determinação do Governo português em torno da execução do programa de ajustamento», tendo garantido que «essa determinação se mantém intacta».

Vítor Gaspar sublinhou ainda que o «consenso em torno das negociações internacionais» e a «unidade nessa matéria» são um «ativo negocial de grande importância».
Redação / FC