O nível de vida dos portugueses vai melhorar até 2026, mas Portugal vai manter-se na mesma posição na tabela da União Europeia.

De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), o poder de compra continua 20% abaixo do que gozam os cidadãos europeus das economias mais avançadas.

É mais um dos pontos em que o caminho da convergência é difícil e ainda uma miragem.

Em 2019, o nível de vida dos portugueses situava-se na 19º posição, numa lista das 22 economias mais desenvolvidas da União Europeia, apenas à frente de Eslováquia, Letónia e Grécia.

E se em 2019 o nível de vida português representava 78% da média da UE, em 2026 cresce apenas para 79,7%, indicam as projeções do FMI.

Redação / RL