O nova-iorquino Jonah Falcon, de 42 anos, gostava de ser reconhecido por ser ator e escritor, mas é pelo tamanho do seu pénis que é famoso.

É que Falcon detém, desde 1999, o recorde do maior órgão sexual masculino do mundo (23 centímetros que atingem os 32), recebendo, por isso, inúmeros convites para abraçar a indústria pornográfica, e que sempre recusou «por não conseguir atuar em público», contou o próprio numa entrevista televisiva num programa matinal britânico da ITV, citado pelo jornal The Sun.

Aos dez anos começou a perceber que era diferente, confirmou-o com uma fita métrica, mas, se pudesse voltar a trás, não mudaria nada no corpo.

Mesmo depois de ter sido barrado no aeroporto internacional de São Francisco, nos Estados Unidos, depois da «proeminência» nas calças, segundo as autoridades, e que poderia esconder uma «ameaça biológica».

Falcon foi, por isso, revistado exaustivamente e borrifado com um pó branco para excluir rasto de explosivos, apesar de insistir que não tinha nada nos bolsos.

Este norte-americano, que assume ser bissexual, disse ainda ter muito sucesso com mulheres mais velhas, por serem «mais experientes».