Em Fevereiro foram criadas 2.265 empresas, traduzindo-se numa quebra de 25 por cento face a Janeiro e de 28% em relação ao mês homólogo, de acordo com dados do Ministério da Justiça.

Também em Janeiro deste ano, quando foram constituídas 3.021 empresas, se registou uma variação homóloga negativa. Ou seja, no primeiro mês de 2009 o número de empresas criadas recuou 25% em relação ao mesmo mês do ano anterior, diz a Lusa.

No entanto, comparando com o último mês de 2008, observou-se um crescimento de 16%.

Em 2008, foram criadas 33.858 empresas, menos 9% que no ano anterior.

Em Dezembro do ano passado, o número de empresas criadas subiu tanto em relação ao mês anterior como face ao mês homólogo, aumentando 22% e 0,2% respectivamente.

O Ministério da Justiça destaca que «em Dezembro de 2008 foram criadas mais empresas do que em comparação com o mesmo período do ano anterior».

Além disso, «se atentarmos na evolução da criação de empresas de Dezembro de 2008 para Janeiro de 2009, verificamos que houve mais 427 empresas criadas».
Redação / CPS