Os autarcas socialistas do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral estão descontentes com a Águas de Portugal. Em causa está a forma como a empresa tem vindo a orientar as negociações com vista à criação de um Sistema de Saneamento e Abastecimento de Água em Alta no Alentejo.

O processo, que se arrasta há cerca de uma década, está a ser conduzido pela empresa Águas de Portugal há três anos.

Tempo durante o qual, refere o porta-voz dos autarcas socialistas, Carlos Beato, «nada está ainda resolvido com prejuízo evidente para as populações e para o ambiente».
Redação / LF