Catarina Canelas

Senti que sou jornalista no dia em que acordei a cheirar a fumo dos grandes incêndios da zona centro do país. Com a constipação agarrada ao corpo e os pés gelados das cheias do Baixo Mondego. Quando dormi no carro. Antes disso fui um dia para a Ásia e dei por mim a trabalhar na TDM – Rádio Macau. A China, a Tailândia, a Malásia, o Japão, a Birmânia e a Índia, ajudaram-me a ler o mundo e os gestos simples onde há uma estória. Desde 2013 sou muito desta experiência na TVI ( já por aqui tinha andado em 2003, no meu estágio). Sou autora das grandes reportagens “ Um Lar Debaixo da Ponte”, “A Senhora Dança?”, "O Lugar Onde Eu Fiquei", “O Renascer das cinzas”, “É Como Se a Mãe Descesse à Terra” e “O Renascer das Cinzas – Um Ano Depois”. No meio disto tudo, a generosidade e o olhar atento da AMI, atribuiu-me a Menção Honrosa por “Um Lar Debaixo da Ponte”. A Igreja Católica Portuguesa e a Rádio Renascença distinguiram-me com o Prémio D. Manuel Falcão por "É Como Se a Mãe Descesse à Terra. E o Pémio de Jornalismo da Associação Nacional de Municípios Portugueses foi atribuído a "O renascer das Cinzas - Um Ano Depois". Senti uma enorme felicidade e lembrei-me do cheiro a queimado e dos pés molhados! Em 2019 abracei também o novo desafio de apresentar noticiários na TVI24. Bem-haja a todos por me seguirem!


ARTIGOS DE Catarina Canelas
Sociedade 9 fev 2018, 18:47 Vamos revelar no Jornal das 8 da TVI

VÍDEOS DE Catarina Canelas
VÍDEOS (146)
EM DIRETO AGORA