A Controlinveste apresentou à entidade reguladora uma queixa contra a Sábado por considerar que a revista violou o dever de isenção ao referir que o Governo beneficiou o grupo com publicidade institucional, avançou o presidente daquele organismo.

O grupo Controlinveste - que publica o Diário de Notícias, o Jornal de Notícias, o 24 Horas e O Jogo - fez chegar sexta-feira à Entidade Reguladora para a Comunicação Social uma queixa contra a Sábado pedindo uma intervenção além do direito de resposta, disse José Azeredo Lopes à margem de uma audição parlamentar, refere a Lusa.

Segundo explicou, o grupo, presidido por Joaquim Oliveira, queixou-se de alegada «violação dos deveres de rigor e isenção jornalísticos» da revista num artigo publicado em Novembro.
Redação / DC