Portugal ultrapassou os valores mínimos da recolha de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos definidos pela Comissão Europeia (CE). Atingiu 52 mil toneladas quando a CE tinha previsto como valor mínimo 40 mil toneladas.

Para atingir esta marca, a ERP (European Recycling Platform) Portugal contribuiu com 37 por cento da recolha, tendo atingido a marca de 19 mil toneladas. Segundo o comunicado de imprensa, esta instituição sem fins lucrativos leva a cabo uma campanha de sensibilização desde 2006, o «Projecto Geração Depositrão», que actua junto das crianças em idade escolar e está em vias de ser adoptado por outros países da Europa.

«Estamos muito satisfeitos com a contribuição que a ERP Portugal deu através da sua actividade, para que o nosso país cumprisse pela primeira vez com as metas mínimas definidas pela Comissão Europeia, das 40 mil toneladas/ano. Realmente, as 19 mil toneladas de resíduos eléctricos e electrónicos recolhidos pela ERP Portugal, permitiram que atingíssemos um novo recorde nacional e chegássemos às 52 mil toneladas, transformando Portugal num exemplo à escala europeia e mundial», afirmou Ricardo Neto, Director Geral da ERP Portugal.

O responsável pela ERP acredita que «tal só foi possível graças ao esforço contínuo que temos vindo a realizar desde 2006, no desenvolvimento de acções de sensibilização e educação para protecção do ambiente e reciclagem de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos no nosso país, e que foram pioneiras junto, sobretudo, das crianças em idade escolar. Estamos convictos que em 2009, pese embora o cenário económico menos favorável, e graças ao Projecto Geração Depositrão, a ERP Portugal voltará a dar um importante contributo para que o nosso país cumpra as metas e seja um exemplo a nível internacional»

Este tipo de trabalho tem como objectivo a criação de «novos padrões de comportamento que serão fundamentais para o futuro de todos, têm vindo a ser objecto de análise das nossas congéneres noutros países europeus que estão a estudar a melhor forma de transpor a experiência portuguesa e as nossas acções. O Projecto Geração Depositrão que nasceu em Portugal irá ser replicado noutros países, o que naturalmente representará mais um passo para que Portugal se transforme num exemplo a nível internacional»

A ERP Portugal recolheu 19 mil toneladas de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos permitindo que Portugal atingisse a meta das 52 mil toneladas e ultrapassasse os mínimos definidos pela Comissão Europeia para o nosso país (40 mil toneladas, 4 kgs por habitante). A instituição opera em dez países europeus: Áustria, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Polónia, Portugal, Espanha, Inglaterra e Dinamarca.