• (em atualização)

Logo à noite, Luís Figo será um dos vários milhares de portugueses no Stade de France, em Paris, a torcer pela vitória da equipa das quinas no Euro 2016.

Nas redes sociais, o antigo futebolista, que esteve na final de 2004, mostrou-se confiante de que vai mesmo ser desta: «Hoje vamos cumprir o sonho e conquistar a Europa», escreveu.

São muitas as personalidades que ao longo das últimas horas manifestaram o apoio a Portugal. Desde o primeiro-ministro António Costa, passando pelo embaixador norte-americano em Portugal e muitas outras pessoas.

Kostas Mitroglou, avançado do Benfica, desejou boa sorte a Fernando Santos, com quem trabalhou quando o agora selecionador nacional orientava a Grécia.

Mas há mais. O extremo peruano André Carrillo disse sentir-se português, numa mensagem não totalmente... reproduzível.

Habituado a estas andanças, mas de fora dos planos de Fernando Santos para este Euro, Raul Meireles é a voz da confiança: «Somos Portugal e estamos prontos para a final», disparou confiante.

André Almeida também ficou de fora, mas está a torcer por fora, e chegou cedo ao sofá para marcar posição, equipado a rigor, e a comer uma francesinha.

 

Até Pierre van Hooijdonk, antigo avançado que passou pelo Benfica em 2000/01, está com Portugal.