Fernando Santos explicou que o primeiro critério para a chamada de Dalot para o lugar de João Cancelo foi a «qualidade», mas também o facto do jovem lateral do Milan ter estado em atividade até há pouco tempo no Europeu de sub-21.

«Obviamente que é qualidade, se não fosse isso não vinha ao Europeu. Com a qualidade que tem, ao nível que joga no clube onde joga, foi tido em conta. Além disso, tem estado a competir, há seis dias ainda estava a competir. Os outros já estavam fora da competição há mês ou mês e meio e ia ser difícil chegarem aqui e mostrarem a melhor forma. Dalot estar a competir foi importante», explicou o selecionador em conferência de imprensa.

Sérgio Pires