O profissional junta-se, assim, aos 23 advogados que já integram esta área de prática em Portugal e que constitui uma das leading practices da Garrigues.

«A incorporação de Paulo Núncio, a quem será confiada a área de corporate tax do escritório de Lisboa e que será responsável pelas relações internacionais do escritório, nomeadamente no âmbito da rede internacional de escritórios Taxand, enquadra-se na estratégia de expansão e afirmação da Garrigues como líder na prática fiscal em Portugal, ao mesmo tempo que visa manter padrões de excelência no atendimento a clientes», comenta Fernando Castro Silva, sócio responsável pelo departamento fiscal da Garrigues Portugal.

Paulo Núncio tem desenvolvido toda a sua actividade profissional na área de Direito Fiscal, com especial ênfase nas transacções domésticas e internacionais, IRC e IVA. Os destinatários dos seus serviços têm sido empresas e grupos nacionais e multinacionais, assessorando designadamente operações de reorganização e de reestruturação, Preços de Transferência, CFC Rules, Comércio Electrónico, Direitos Aduaneiros e IVA, bem como a empresas multinacionais relativamente a operações desenvolvidas no Centro Internacional de Negócios da Madeira. Na área do contencioso, tem representado empresas nacionais e internacionais em diversos processos tributários, em matérias relacionadas com direitos aduaneiros, imposto de selo, impostos especiais sobre o consumo, IRC, IVA, pagamento de dividendos, pagamento de royalties e aplicação de tratados de dupla tributação.

Paulo Núncio é Vice-Presidente Adjunto do Comité Fiscal, para a área do Comércio Electrónico e Propriedade Intelectual do International Bar Association (IBA) e participa regularmente em seminários e conferências internacionais sobre questões fiscais organizados por esta Associação. É membro da Associação Fiscal Portuguesa, da Associação Portuguesa dos Consultores Fiscais e da já referida IBA. Tem vários artigos publicados, nomeadamente na qualidade de correspondente português da revista Intgernational VAT Monitor, publicada pelo International Bureau of Fiscal Documentation (IBFD).

Paulo Núncio, que integra os quadros da Garrigues já a partir de hoje é licenciado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa e Advogado Especialista em Direito Fiscal desde 2004.