As Euribor continuam em queda, na expectativa de que o Banco Central Europeu (BCE) volte a cortar a sua taxa de referência em Março. A taxa a três meses atingiu esta sexta-feira o valor mais baixo desde que o euro foi introduzido, nos 1,943%.

Já a taxa a seis meses, a mais usada como indexante dos contratos de crédito à habitação em Portugal, resiste acima da barreira dos 2%, situando-se nos 2,025%, e a taxa a 12 meses nos 2,133%.

Esta foi a 88ª sessão consecutiva de queda das taxas, que estão a reflectir as sucessivas descidas da taxa directora. Desde Outubro, a taxa do BCE caiu 225 pontos base, de 4,25 para 2%, sendo que a instituição monetária optou por fazer uma pausa nas descidas em Fevereiro. No entanto, tudo indica que vai regressar aos cortes no início de Março, devendo o preço do dinheiro sofrer mais uma redução de 50 pontos base, para os 1,5%.
Redação / PGM