As Euribor continuam a cair, pela 86ª sessão consecutiva. Depois de ter quebrado a barreira dos 2% na quarta-feira, a taxa a três meses recuou ainda mais para 1,968%, mantendo-se abaixo da taxa de referência do Banco Central Europeu (BCE) e batendo um mínimo de quase cinco anos.

Já a taxa a seis meses, a mais utilizada como indexante dos contratos de crédito à habitação em Portugal, continua ligeiramente acima da taxa do BCE, mesmo depois de ter voltado a cair. Está nos 2,036%, mínimo desde 2004 também.

Por sua vez, a taxa a um ano está nos 2,146%.

A descida das Euribor reflecte os cortes da taxa directora do BCE, que desceu 225 pontos base desde Outubro, passando dos 4,25 para 2%. Para além disso, reflecte também a expectativa de um novo corte, no início de Março, depois de uma pausa em Fevereiro. Tudo aponta para que o BCE opte por uma descida de mais 50 pontos base, para 1,5%.
Redação / PGM